WESTWORLD TEORIAS - O QUE ACONTECEU COM O MUNDO FORA DO PARK? PARTE 2

Olá amantes de teorias. Sou eu, o Bigode.


Continuando nossa teoria sobre O QUE ACONTECEU COM O MUNDO FORA DO PARK? Continuarei a investigação dos fatos que ocorreram no segundo episódio.

lá para a metade do episódio William/MIB encontra seu fiel assecla sempre com a corda no pescoço. O famoso Lawrence ou em outras narrativas El Lazo. Após salvar sua pele mais uma vez, William e Lawrence acabam em um bar, onde MIB além de pagar as bebidas vai em um compartimento secreto atrás um kit de primeiros socorros.*

MIB - Você acredita em Deus, Lawrence? Ford colocou você com essa aflição?

Lawrence - Nunca pensei muito, de um jeito ou de outro.

MIB - Deve acreditar que tudo que faz é observado por um olho que tudo vê.

MIB - Todas as escolhas, as indiscrições. 

MIB - E que quando morre, seus pecados são contabilizados. Acontece o julgamento. 

Lawrence -  E minha alma imortal é lançada em algum lugar sombrio. 

Lawrence - Sempre me pareceu uma Besteira. 

MIB - E, no mundo real, você estaria certo. Um conto de fadas para fazer as pessoas se comportarem, pagarem seus impostos, não usar um facão nos vizinhos. 


Quando Lawrence, completa o diálogo, falando que "Sempre me pareceu uma besteira" e o William responde. "No mundo real, você estaria certo". Essa resposta do William, dá a entender 
que no mundo real "Deus", realmente não existe, apenas foi criado para controlar as atitudes das pessoas. Entretanto, No mundo do Park, realmente existe uma entidade que pode observar e julgar o  pecado de todos. Ocorre que as pessoas por não saberem disso, acabam deixando escapar sua real natureza. 

O que ocorreu no mundo fora do Park? Deus, não seria motivo para que as pessoas começassem a reprimir seus desejos mais profundos, prova disso é o nosso mundo real. MIB, deixa claro que "Deus", não existe fora do Park. E se na verdade ao invés de Deus, o mundo real seja na verdade uma DISTOPIA? Um governo distópico seria a explicação para muitas coisas no universo Westworld.  

Caso essa teoria seja real, qual distopia está estabelecida na série? Moral, Corporativista, ou Tecnológica? 


Vamos continuar. 

MIB - É por isso que seu mundo existe. Eles queriam um lugar escondido de Deus. Onde pudessem pecar em paz. 

MIB - Mas nós (Administradores da Delos)* estávamos observado, contabilizando todos os pecados deles, todas as escolhas. 

MIB - É claro que o julgamento não era o ponto. 

MIB -  Tínhamos outra coisa em mente. Mas eu tive meu Julgamento mesmo assim, discordo dele. Porque, até agora, os riscos aqui não eram de verdade. 
MIB - Então, eu vou voltar e apelar do veredito. Depois vou reduzir este lugar a cinzas. 


Indícios de uma Distopia Moral. 

Na primeira temporada, William conversa com Teddy sobre quem ele é no mundo real e sobre a morte de sua esposa. William, se descreve para Teddy, como um Deus, um titã industrial, filantropo e um homem de família. Ocorre que no funeral de sua esposa, após uma tentativa frustante de tentar consolar sua filha, ele descobre que sua esposa não havia tomado as pilulas por engano e que ela havia cometido suicídio e o motivo aparente, era ela meio que saber sua natureza violenta dele dentro do Park. Neste momento parece que o tal "julgamento" que ele fala que teve,  deve ser a sanção moral por parte de sua esposa e até por sua filha. Em sua defesa, William diz: "Mas eu tive meu Julgamento mesmo assim, discordo dele. Porque, até agora, os riscos aqui não eram de verdade." A interpretação que podemos tirar desta parte é que pelo fato dos atos deles não gerarem  consequências reais, tudo que ele fez, foi porque ele sabia que o mundo do Park não era real logo as consequências não deveriam ser reais e agora que os atos dele geram consequências, ele quer mudar o veredito. Então o que ele faz no Park deixa de ser por um motivo torpe para ser por um motivo real.
Teria um Governo Totalitário reprimido os desejos mais humanos das pessoas e o park ser uma válvula de escape? 

Resultado de imagem para mib and Teddy

Indícios de uma Distopia Corporativista. (parte 1)

Na segunda parte do diálogo, William conta para Lawrence, que o Park foi para que as pessoas pudessem pecar em paz sem Deus para ver. Ocorre, que como ele explica, Deus realmente não estava vendo, mais ele (Delos) estava e o objetivo deles não era julgar os pecadores. Segundo o MIB, o objetivo deles era outro. 

Em tempos em que redes sociais, roubam informações e espionam seus usuários, com inúmeros objetivos, qual seria o objetivo da Delos (Administração) em relação aos seus usuários? Vale lembrar, que os usuários da Delos, são pessoas ricas. O que os ricos do mundo  teriam a oferecer a Delos. Vale lembrar, que na primeira temporada Theresa Cullen (Sidse Babett) a fala para Lee Sizemore (Simon Quarterman) a seguinte fala:


"Este Park é uma coisa para os convidados, é outra para os acionistas e algo completamente diferente para a administração."

Quais os objetivos dos administradores do Park? Tentarei na terceira e última parte desta coluna responder a está pergunta. 


* No diálogo original William não menciona a Delos, ele apenas diz "Nós". Eu acredito que este "Nós" signifique os administradores da Delos. 

Westworld \W/, todo domingo às 22:00 na HBO e na HBO GO ou no Torrent boladão próximo de vocês

Postar um comentário

0 Comentários