Obi-Wan Kenobi - Uma Opinião.

 


Com seis episódio, hoje dia 22 de junho de 2022, termina a minissérie do Obi-Wan Kenobi, da Disney Plus. Fiquei pensando antes de escrever essas mal traçadas linhas, se existiria um momento no passado que eu aprovasse esse projeto e achasse que ele funcionaria, mas a resposta é não, não porque sou implicante ou velho demais para gostar, o problema é a história que eles decidiram levar a adiante e ela não é boa, simplesmente porque eu sei onde essa aventura vai chegar e esse ponto apresentado não completa a narrativa que conhecemos.

Quando a Leia manda sua mensagem de socorro para o velho Kenobi (Uma Nova Esperança), fica nítido que a personagem não conhece o jedi. Não só isso, a morte dele é meio que “ignorada” pela princesa, demostrando a falta de vinculo entre os dois. Ocorre que agora, a Disney, decidiu dar uma narrativa onde Ben e Leia, se conheceram no passado, quando a menina tinha 10 anos de idade. E eu nem preciso dizer que isso não faz sentido. Não estou sendo o “nerd chato”, mas os roteiristas poderiam tomar outro caminho, por exemplo, o livro Kenobi, do autor John Jackson Miller, que tem uma típica trama de Western. Eu imagino que não tenham usado por agora se tratar de uma trama Legends (material que não é mais canônico), mas o que não falta ai são filmes de faroeste para se inspirar.


O que o show acaba fazendo entre as linhas é dar um “protagonismo” para Leia e acaba explicar como ela se tornou essa mulher que conhecemos nos filmes da trilogia clássica. Parece que não tiveram coragem para fazer uma série da “Young Leia” e tiveram que usar o velho Kenobi para fazer isso. Porque é isso disso que se trata a minissérie Obi-Wan Kenobi. 

Mais uma vez a Disney queima um material bom, para fazer um produto ruim. A única coisa de Star Wars, realmente boa até agora é a série do Mandaloriano e nos filmes Rogue One, mas de resto, temos filmes e séries genéricas, que poderiam ser bem melhores, se bem trabalhados como o Mandaloriano.


Infelizmente, Kenobi, como deveria ser o nome do programa, é uma produção fraca, que se vende como nostálgica, mas que na verdade é apenas mais um conteúdo para encher o catálogo do Streaming. Essa trama, só faria sentido, caso a casa do Mickey decidisse reinventar os episódios IV, V e VI fora isso é apenas isso que eu falei.



ATUALIZAÇÃO


No texto, acabei focando apenas na questão da Leia, que eu vejo como o principal motivo do show não ser bom,  ocorre que a série tem outros elementos, que poderia ser trabalhados e não foram, por isso volto aqui para atualizar esse texto. 

 

A questão dos inquisidores. 

 

A inserção destes personagens é muito boa, mas mal trabalhada. Eles poderiam ser os antagonistas principais do enredo, mas onde tem Darth Vader, nenhum vilão tem destaque visto que a presença dele acaba eclipsando o vilão da trama, para defender meu ponto uso de exemplo o personagem Orson Krennic, de Rogue One.

 

A série, não precisava ter Luke, Leia e Vader, bastava os inquisidores e Kenobi para a trama se desenvolver. Não digo que não deveria ter referencias, mas apenas esses personagens seriam o suficiente para o show. Mas infelizmente, vivemos uma época de nostalgia e esses elementos acabam sendo mais que “obrigatórios” em algumas produções atuais.

 

A questão do possível inicio da Aliança Rebelde.

 

Acho interessante a inserção do personagem de Roken (O’Shea Jackson Jr) e acredito que poderia ser um norte para se trabalhar em um programa solo. Ocorre que como tinham muitos elementos para se trabalharem, a questão do Roken não é bem desenvolvida na trama, o que não é uma exclusividade deste personagem, como já disse, o problema se estende aos inquisidores, o próprio Owen e até mesmo a Vader.

 

Acho que minha atualização acaba por aqui.


Postar um comentário

0 Comentários