Guerra dos 30 Anos: A Verdadeira Primeira Guerra Mundial? Parte 1

Resultado de imagem para guerra dos 30 anos

A guerra dos 30 anos é um conflito inicialmente religioso e posteriormente majoritariamente politico, que começa em 1618 e termina sabe quando? 30 anos depois, em 1648( sim, quem iria imaginar?). Hoje quero falar um pouco desse conflito, e de como é um período que afetou profundamente a historia do mundo. Esse post sim é longo e pode conter doses variadas de ironia.

Esse conflito envolveu tantos atores, tantas reviravoltas e contrareviravoltas que é uma pena que não seja muito comentada hoje em dia. Geralmente o pessoal cita a guerra de sucessão espanhola ou a guerra dos sete anos como "as verdadeiras primeiras guerras mundiais", mas eu considero a guerra dos 30 anos como sendo a primeira grande guerra mundial, tanto que os contemporaneos da guerra e posteriores chamavam de "a grande guerra" até vir a primeira guerra mundial e virar a grande guerra.

"Legal zé, parece tudo muito divertido, uma carnificina generalizada muito empolgante, mas eu não sei porra nenhuma dessa guerra" e é por isso que eu vou explicar como começou e quem era quem nessa confusão do caralho.

Esse periodo, os anos 1500 e 1600, é um periodo de transição, voce tem em 1453 a queda de constantinopla para os turcos otomanos, que é considerado na historiografia o fim da idade media e começo da idade moderna. Posteriormente em 1517 voce tem as 95 teses de lutero, que iniciam a reforma protestante e os varios movimentos que a compoe, apesar de as raizes mesmo da reforma são as heresias medievais e os hussitas da boemia, que não é a toa é onde vai dar inicio esse conflito tão magico que é a guerra dos 30 anos.

Resultado de imagem para guerra dos 30 anos

Depois disso o movimento protestante começa a se espalhar igual fogo em palha no sacro império romano germanico, o pessoal começa a se converter, e isso não agrada nada ao imperador austríaco Carlos V, catolico fervoroso, que sobe nas tamancas e começa a querer ameaçar o pessoal. "não vai se converter caralho nenhum, bando de filha da puta" teria dito ele, embora as fontes oficiais não confirmem. Os duques e principes do imperio resolvem se unir pra se defender do imperador Carlos V, e assim é formada a liga de esmalcada, tendo como lider Filipe I de hesse e João Frederico, eleitor da saxonia.

Sendo sucinto, a liga entra em guerra com o Imperador e sua galerinha, e os vizinhos do imperador, frança e imperio otomano declaram guerra contra ele tambem, aproveitando o embalo. Então em 1555 a liga consegue fazer o imperaodor assinar a "Paz de Augsburgo", que estabelece o principio do "Cujus regio, eius religio", ou seja, se eu sou um  duque ou conde qualquer e me converto, eu tenho o direito de fazer da minha religiao a religiao oficial das minhas terras, e o imperador que vá se fuder. Mas a vida é uma caixinha de surpresas...

Resultado de imagem para sacro imperio romano germanico

Desde 1526 o Reino da Bohemia, atual republica tcheca e arredores, era governado pela família Habsburgo, dos imperadores do sacro império, e eles não costumavam forçar a religião católica lá, talvez porque soubessem que ia dar merda se tentassem, porque a maioria do povo era protestante. O imperador Rodolfo II a partir de 1609 aumentou muito os direitos dos protestantes da Bohemia, basicamente fazendo da Bohemia um estado protestante com uma igreja nacional administrada pelos estados. O irmão dele, Matias, assume a coroa quando o imperador Rudolf II morre em 1612 e continua aumentando os direitos dos protestantes da Bohemia, principalmente a conselho de seu chanceler, Bispo melchior klesl. Mas Mathias era velho, não tinha filhos. O herdeiro dele era seu primo Ferdinando da Estiria, que era católico fervoroso, sendo defensor fiel da contra reforma católica, e não ia admitir protestantes com tantos direitos num reino seu.
Resultado de imagem para defenestration of prague


O Imperador Matias elegeu Ferdinando Rei da Bohemia em 1617. Os protestantes da bohemia queriam que as leis de liberdade religiosa que os imperadores anteriores fossem aplicadas amplamente, não só em cidades auto governadas mas tambem nas terras sob controle direto do rei. Enquanto o velho imperador Mathias e o anterior Rudolf não se importavam com isso, o recem empossado Ferdinando não iria admitir algo assim. Pra completar em 1618 Ferdinando proíbe a construção de novas capelas protestantes na bohemia, em terras controladas diretamente pela coroa.

Quando os bohemios protestaram, ele dissolveu o parlamento. Agora o catolicismo era a unica religião oficial na Bohemia. Esse era um cara inteligente. Ia longe.

Aí acontece um dos eventos de maior importancia do começo do conflito, a defenestração de praga. Defenestração(sim, essa palavra existe em português) é o ato de você jogar alguem por uma janela. Você pode imaginar o que vem a seguir né?

Em 23 de maio de 1618, quatro Senhores catolicos, Conde Jaroslav Borzita de Martinice, Conde Vilem Slavata of Chlum, Adam II von Sternberg (que era o supremo comandante militar da cidade), e Matthew Leopold Popel Lobcowitz chegam na sede do parlamento da Bohemia as 8:30 da manhã, arrumam a sala de reunioes, varrem tudo , colocam o café na maquina, humm, que cheirinho gostoso, "hoje o dia vai ser bom, nada de ruim pode acontecer, sou muito feliz" pensam eles. As 9:00 da manhã chegam alguns senhores protestantes e o conde Thurn, que recentemente tinha perdido seu posto de capitania de Karlstad. O que aconteceu foi que os senhores protestantes pediram o fim das politicas anti protestantes , porque violavam o tratado de augsburgo de 1555. Com a negativa em dar uma resposta imediata, os protestantes pegaram esses caras e jogaram da janela daquela torre ali de cima, da foto. Eles caíram em um monte de esterco, apesar de fontes catolicas dizerem que foram os anjos que salvaram eles da queda.
       
Resultado de imagem para guerra dos 30 anos

Antes de continuar, tem que se deixar claro uma coisa muito importante. Os protestantes da Bohemia não era Luteranos, a denominação mais comum, mas Calvinistas. Isso é importante porque os direitos dos luteranos eram muito mais respeitados, por o luteranismo ter uma adoção muito mais ampla. Em 1608 é forma a uniao evangelica, que buscava lutar pelos direitos dos principes protestantes em todo Império. Em resposta, o imperador cria a liga catolica, com a participação de principes do sul do império, em maioria catolicos.

Espero que tenham gostado, vou dividir esse post em duas partes, porque é um assunto realmente muito rico, e esse post ia ficar maior do que já é. Daqui alguns dias eu faço a segunda parte, com o conflito em si.

inté

Postar um comentário

0 Comentários