Resenha e Critica: Coluna de Fogo - Ken Follet

                       Resultado de imagem para coluna de fogo

   Como um fã de romances historicos/fantasia historica/ qualquer porra envolvendo historia, eu já tinha lido os dois livros anteriores do autor, que tambem se passam na cidade de kingsbridge, os Pilares da Terra e Mundo sem Fim, que se não me engano ambos ganharam adaptações em miniseries, a dos pilares da terra eu tenho certeza de ter passado na band faz uns anos. "Mas zé, eu nunca ouvi falar dessa porra nem do autor" calma, eu explico.
    Ken ̶o̶h̶ Follet é um escritor já consagrado, ele tem inumeros livros de romance policial entre os livros mais vendidos. Em 1989 ele lançou os Pilares da Terra, primeiro livro da saga e seu primeiro romance historico, que se passa na cidade de kingsbridge , inglaterra no seculo 12. O segundo livro foi lançado em 2007 e se passa 157 anos depois, na mesma cidade, e no ano passado ele lança o ultimo(vai ser o ultimo? espero que não) livro da serie, que se passa algumas centenas de anos no futuro. A historia dos livros não tem nenhuma relação de um livro pro outro, então voce pode ler qualquer um sem ter lido os outros, e é por isso que eu vou me focar nesse livro e em sua historia. SPOILERS LEVES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! 

                      Resultado de imagem para mARY tUDOR
 A historia começa em 1558, no reinado da rainha catolica Maria Tudor da Inglaterra. O país está dividido entre catolicos e protestantes. Henrique VIII e seu filho Eduardo VI foram reis protestantes, mas desde que a rainha Maria assumiu forçou o país a se converter ao catolicismo de novo. Nesse contexto vive Ned Willard, rapaz que sonha em se casar com Margaery Fitzgerald, filha do prefeito, que é um catolico fervoroso. A familia de Ned é de comerciantes,e são proximos do protestantismo, por isso o pai da garota nega. Nisso ele acaba indo servir a herdeira do trono inglês e irmã de Maria, Elisabeth Tudor. Mas a vida é uma caixinha de surpresas...
  O livro tem diversos personagens, não fica só no contexto inglês, ao contrario dos outros livros, que por mais que mostrassem outros lugares, o foco era mesmo na inglaterra. Nos é mostrado a perseguição aos protestantes franceses, chamados de huguenotes, um pouco da inquisição espanhola na espanha(não me diga!!!) e na Holanda/países baixos governada pelos espanhóis na epoca.
  A maioria dos personagens não é completamente boazinha nem mal feito pica pau, os personagens tem suas motivações, apesar de isso não impedir você de achar alguns uns belos de uns filhos da puta.  O livro trata de fanatismo, liberdade religiosa, a situação de merda das mulheres na historia e de seguir suas convicções não importa o que os outros digam, coisa que eu acredito profundamente. 
                               Resultado de imagem para paises baixos espanhois

  Até mesmo os personagens ruins tem motivações, e claras, e você entende como eles pensam. Mesmo que você acabe odiando certos personagens, voce no fim entende quais são as motivações dele, o que ele quer, o que ele acha errado. Em alguns você acaba vendo a transformação, de só trambiqueiros até pessoas amorais sedentos por poder, que não se importam com as consequencias.
  As personagens femininas (e tem muitas) são fortes e fazem o que tem que fazer pra sobreviver em um mundo injusto e cheio de coisas irracionais. Elas são inteligentes e superam a maioria dos personagens masculinos em inteligencia, e de modo algum são descritas de um jeito que voce não se importa com elas, muito pelo contrario. Até as que você poderia considerar vilãs tem qualidades e motivações que voce pode admirar e até se identificar.
 Algo que eu não gostei foi que, apesar de o foco nas outras partes do mundo ser algo bom, e quem curte historia vai gostar, algumas partes de certos personagens acabam ficando tediosas, principalmente se voce antipatizar com certos personagens  f̶i̶l̶h̶o̶s̶ ̶d̶a̶ ̶p̶u̶t̶a̶ de moral duvidosa, eu acabava não aguentando mais certos personagens franceses ambiciosos demais. Mas as partes da familia willard ou do ex escravo Ibrima eram sempre muito boas e acabavam muito rapido.
    Se você gosta de historia como eu vai adorar a historia desse livro, e se gostar desse vai gostar ainda mais dos outros livros, os pilares da terra e mundo sem fim, que tem um foco maior na inglaterra e talvez tenham um foco maior nos personagens e menos no mundo, e sejam mais imersivos na epoca em que se passam, talvez por não ter tanto a carga religiosa que esse tem, se bem que hoje em dia falar de conflito religioso e tolerancia seja cada vez mais relevante.

Nota: 8,9 , não tão bom quanto os outros livros mas ainda assim um excelente livro, principalmente se você gostar de historia tanto quanto eu.

Inté

Postar um comentário

0 Comentários