Westworld - trailer da quarta temporada - Primeira Análise.

 


No dia 9 de maio, HBO lançou o primeiro trailer da quarta temporada de Westworld. Assim como das outras vezes, o novo trailer não trás muitas coisas, entretanto continua com o mesmo padrão de trazer uma música para ilustrar a peça promocional.

Na estreia da primeira temporada, esse padrão das músicas é inexistente, essa característicavai ganhar forma a partir da segunda temporada, com a música de Sammy Davis Jr, “I gotta Be me”. Essa canção casa muito com a temática da temporada. Assim como a música “Brain Damage”, da banda Pink Floyd, na terceira temporada. Existe uma análise sobre isso aqui no site.


Só que existe um problema ai, minhas análises foram feitas após assistir as temporadas e a expectativa com o trailer da quarta temporada era imensa, visto os padrões nos trailers anteriores. Agora com o lançamento e revelada  a música do trailer, não vou mentir que fique com dúvida que caminho tomar.

A canção da vez foi “Perferct Day”, do cantor Lou Reed, que ficou popularmente conhecida no filme “Transpotting”, do diretor Danny Boyle. A música fala sobre um dia perfeito e analisar ela não está sendo uma tarefa fácil. Provavelmente tal desafio será mais fácil após  o fim temporada, mas não vou correr e vou tentar ainda assim lançar especulações que sejam plausíveis.


 Just a perfect day
Drink sangria in the park
And then later, when it gets dark
We go home

O trailer começa com a primeira parte da música. “Apenas um dia perfeito Bebendo sangria no parque e mais tarde quando escurecer, vamos para casa”.

Just a perfect day
Feed animals in the zoo

A primeira coisa que e vem à mente é que os anfitriões vão voltar para casa, o passeio acabou e agora é a hora de voltar. O trailer continua, mas ele não trabalha todo inicio da música a edição seleciona partes chaves, que possivelmente deem pistas da trama da nova temporada. “Apenas um dia perfeito, dar comida aos animais no zoológico”. Esse trecho é interessante porque existe um dialogo por de trás da musica onde os personagens que passam pela Rachel Evan Wood falam: “This place is fuckin’ wild. I can’t believe this is your fist time.Esse local é puta selvagem. Não acredito que é sua primeira vez. Eu me pergunto, Ir ao parque da Delos é como ir ao Zoológico “alimentar” animais? Ou temos uma nova distração para população? O que seria esse zoológico? O trailer segue e temos a segunde pare destacada. Neste monto a edição come pelo menos duas estrofes da música e pula para uma parte bem interessante.

                                               (as moscas, são uma das 10 pragas do Egito)

Just a perfect day
You made me forget myself
I thought I was someone else
Someone good

“Apenas um dia perfeito, você me faz se esquecer de mim. Eu achei que era outra pessoa, uma pessoa boa.” Essa parte é um destaque para o William/MIB. Será que a copia feita pela Charlote/Dolores, está questionando suas atitudes? Seria na verdade o William real, que não morre no final da terceira temporada? A música volta para a estrofe esquecida

Oh, it's such a perfect day
I'm glad I spent it with you
Oh, such a perfect day
You just keep me hanging on
You just keep me hanging on

Ah, e um dia perfeito fico feliz de ter passado esse dia com você. Oh, um dia tão perfeito e você me deixa esperando, você me deixa esperando”. Neste ponto do trailer, são várias sequências de cenas até a parte final da música que fala que “Você vai colher só o que você plantou” Para mim essa parte, acaba sendo mais importante que a anterior, porque muitos personagens na quarta temporada podem “colher só o que plantaram”. Caleb, por ter sido líder da revolução, Maeve por ter ajudado Rehoboam, Bernard por alguma coisa, William por ter se aliado a Charlote/Dolores, todos os personagens de alguma forma e até mesmo o telespectador por estar desdenhado da série. Seria a música, de alguma forma um recado para nós, o telespectador?


O que deixa a interpretação mais difícil é que a canção composta por Reed tem duas interpretações. A oficial e as dos fãs, teóricos da conspiração. Segundo o artista, a música é uma canção de amor, apenas isso. Não tem para onde ir. Já os fãs, defendem que seria uma música de amor, amor a heroína. Teoria ganhou mais força, depois que a música entrou para a OST do filme Transpotting.

Por mais que eu já tenha realizado uma análise porca, eu fugi das duas interpretações e tentei usar as imagens com os trechos da música selecionados. Mas é obvio que eu vou refazer essa leitura assim que a temporada for caminhado. Se eu fosse Arriscar uma direção desta quarta temporada falaria que ela seria sobre Escolhas/Volta para casa. 

Bem, é isso pessoal, junho está bem ai e junto com a quarta temporada, podem esperar mais textos e vídeos no Paponoir. 

Postar um comentário

0 Comentários